terça-feira, 11 de outubro de 2011

Imigração: Uma Ameaça à Cultura do Québec?

Olá, Povo de Deus

Esta semana saiu o resultado de mais uma pesquisa realizada internamente no Québec sobre o impacto da imigração sobre a cultura do Québec... A maioria dos nativos acredita que a imigração é uma ameaça à cultura québecoise (42%). Porém, muita gente também (39%) ache que a imigração está ajudando a enriquecer a cultura local. Bem, os locais mais xenófobos foram as cidades com pouco fluxo imigratório, como Sainte-Agathe-des-Monts, próximo ao parque nacional de Mont-Tremblant. As localidades que mais aceitam os imigrantes são as municipalidades de Outremont e Ville Mont-Royal (65%, ambas anglófonas), aqui em Montréal. Particularmente, estávamos discutindo esta questão em um jantar neste feriado de Ação de Graças aqui, e em minha empresa, existem 2 pessoas nascidas no Québec e mais de 30 que são imigrantes. Tem gente de tudo quanto é lado... E se eu puder dar uma opinião humilde, o que vejo aqui em Montréal é que o único esforço de aculturamento dos imigrantes é aprender o francês. E olhe lá. De resto, cada um vive conforme a sua cultura, ou existe uma miscigenação de culturas, o que é o mais provável que aconteça em um país aberto à imigração. O Québec é como o Brasil há 200 anos atrás. Se olharmos para o nosso país agora, o que sobrou dos portugueses e indígenas? Pouca coisa, pois sua cultura foi misturada com a dos povos imigrantes, em sua maioria europeus, africanos e asiáticos. Então, hoje vivemos no Brasil o que acredito que acontecerá no Québec daqui a alguns anos. E não serão 200 ou 300 anos, mas poucos anos, pois hoje em dia as coisas acontecem muito mais rápido. E aqul a maioria são indianos, chineses e árabes.

A pesquisa foi realizada com pessoas entre 40 e 59 anos. O curioso é que a maioria das pessoas entrevistadas (47%) admite se sentir feliz caso seu filho(a) venha a se casar com um cônjuge de uma outra cultura. 44% dos que responderam esta questão admitem que uma união intercultural é perigosa...

E vamos seguindo com passos firmes, cada vez mais multiculturais, de quem sabe onde quer chegar!

Abração e a Paz

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Maratona de Montréal

Oie, Pessoal!!!

Finalmente, chegou o dia! Em 25 de Setembro último, às 08h30 da manhã, pontualmente, foi a largada da gloriosa Maratona Oasis de Montréal (Oasis é o nome do suco que patrocina a maratona, ehehe). O dia estava nublado e um pouco frio, o que aumentou a confiança dos mais de 24 mil participantes que correram nas categorias disponíveis: Maratona, Meia-Maratona, 10km, 5km, e 1km infantil. Bem, vamos ao que interessa. Largamos para a maratona sobre a pont Jacques-Cartier, um dos cartões postais de Montréal, e descemos ao Parque Jean Drapeau. Eu larguei o cronômetro e ele imediatamente parou, dizendo: "Treino Completo"... bem, tive de reprogramar o relógio enquanto corria o primeiro quilômetro, ehehe... Ainda bem que foi praticamente todo em descida. Então, entramos no circuito Giles-Vilenneuve, onde acontece o GP de Montréal, e demos uma volta completa. Em tudo o que era curva havia bandas de música com os instrumentos mais malucos possíveis.... O abastecimento era a cada 3km. Quando saímos do circuito e pegamos a Pont Concordia para o velho porto já estávamos com 10km (aprox. 48 min). Achei que estava muito rápido e diminuí um pouco. Então, passamos o porto com 15km (aprox. 1h13min) e fui diminuindo, pois estava realmente muito rápido... Veio a primeira subida dentro do velho porto para pegarmos a Rue Notre-Dame e descer para a Papineau, embaixo da Pont Jacques-Cartier... 21km, 1h47min... muito rápido realmente... não sei o que estava acontecendo e fiquei com medo de ficar sem gasolina... Em todos os lugares, realmente todos, havia gente berrando, torcendo, e muita música!!! Tomei o gel e segui adiante até 27km, quando começou o subidão para o Parc de La Fontaine... daí, acabou a gasolina... fui caminhando até o próximo posto de água. Passou o coelho de 3h30min... Pouco mais tarde, depois dos 30km passou o coelho de 4h00min... e a partir daí a maratona foi uma sucessão de corridas de 3 a 5km e algumas caminhadas nos pontos de água. Mas mesmo assim, foi sensacional. O sol abriu perto das 11h da manhã e tornou a prova ainda mais difícil, mas mais bonita.
Quando estávamos chegando no final e deu pra ver a torre do estádio olímpico, foi muito legal e a vontade de chegar aumentou ainda mais! Porém, a gasolina realmente era pouca e fui bem devagarinho no final... Cheguei em 4h10 min, com pace de pouco mais de 6 min/km. A lição foi: na próxima vez, ficarei no coelho de 3h30, ehehe. Ele me passou com 27km, isso quer dizer que se eu tivesse ficado nele desde o início teria um pouco mais de gasolina para o final... No final da prova, as pessoas iam caindo pelo chão. Fiquei impressionado com a quantidade de gente que parava.... e policiais e ambulâncias pra tudo quanto é lado... Depois, fiquei sabendo que foi uma das provas mais quentes e úmidas da história, e que, infelizmente, um corredor da meia-maratona veio a falecer na chegada...
Depois da chegada, as pernas não obedeciam mais, ehehe.... sentei um pouco para descansar e fui fazer o alongamento... Tudo  tranquilo. Ter chegado até o final foi realmente uma vitória e tanto!!!
Graças principalmente à minha família, que segurou as pontas este ano, enquanto eu treinava e me deram força, mesmo quando tudo era difícil..... Cuidaram do bebê, e tudo mais com muita paciência, para que eu pudesse realizar mais este sonho: obrigado, Cris, Matheus, Thabata, Thiago e Gregório!!!!...
Graças ao pessoal da Trainer Assessoria de Curitiba, que me ensinaram a correr e amar este esporte maravilhoso (Tchê, João, Samir, Glacymar e Cia Ltda, obrigado!).
E é claro, tenho que agradecer ao Papai do Céu!!! Pois ele me deu as pernas para correr, a endorfina para querer correr ainda mais, deu os sonhos e a vontade de realizá-los!!! Mas principalmente, me ensinou que mesmo todas as maratonas do mundo não são nada comparadas a um momento em Sua maravilhosa presença... Amém!!!
Sonho realizado, vamos para o próximo!
Abração e a Paz
Igor Schultz
video