sábado, 5 de fevereiro de 2011

Experiências Médicas em Montréal

Caros Amigos
Neste post gostaria de contar um pouco sobre como tem sido nossa experiência com o serviço médico Quebecóis. Pretendo falar sobre o nosso seguro saúde, as consultas médicas, a gravidez da Cris e os hospitais.
Bem, a maior dúvida quando a Cris me ligou dizendo que estava grávida era se o serviço de saúde do Québec nos atenderia, pois é necessário 3 meses de carência para começar a receber atendimento, com a chegada da carteira de Assurance Maladie. No entanto, para nossa grata surpresa, se a pessoa está grávida, ela recebe imediatamente assistência médica, sem precisar esperar os 3 meses. A Cris ganhou um documento com o número do Assurance Maladie e ela apresenta esse papel em tudo que é lugar para ser atendida.
Nossa primeira experiência foi comigo. Estava descendo de trenó no Mont-Royal há algumas semanas atrás e dei uma batida forte em um muro de feno. Achei que estava com a costela quebrada. Liguei para a GTA e eles me marcaram uma consulta com um médico da família para o período da tarde. Fui lá e realmente estava marcada. O médico me atendeu e disse: "você quer um Raio-X? Porque estando quebrada ou não, vou receitar Tylenol e gelo". Então, falei que não fazia diferença. Ele disse: "então, foi um prazer, tchau". Decepção total. No Brasil, os médicos não costumavam falar nada sem antes fazer pelo menos alguns exames para ver... E o cara mal apalpou as minhas costelas, e tinha um inchaço enorme... Mas fiquei no Tylenol e gelo e hoje me sinto curado. Quanto ao seguro GTA, funcionou perfeitamente.
Então, vamos à gravidez. A Cris chegou já perto da semana 12, quando é necessário fazer a ecografia por translucência nucal. Então, conversamos com o pessoal da Igreja, que nos deram a dica essencial: "ou você escolhe o obstetra, ou escolhe o hospital". A coisa funciona assim: se você gosta de um obstetra e o escolhe, o obstetra está vinculado a um único hospital e você será obrigado a fazer o parto naquele hospital. Por outro lado, se você escolhe um bom hospital sem se preocupar com o obstetra, o hospital irá lhe indicar o obstetra vinculado e você será obrigado a consultar com este obstetra.
No nosso caso, por indicação de várias pessoas, escolhemos a obstetra Dra. Josée "Ame-a ou Deixe-a" Lebfeuvre. E ela nos encaminhou para o Hospital St Mary, em Côte-des-Neiges. Dá pra chegar de Metrô, mas é uma pernada.... O hospital é sensacional também. No serviço público, o atendimento em geral é bom, mas é demorado. Então, tudo tem que ser muito planejado. Consequentemente, não havia consultas para a 12a semana. Então, tivemos que fazer a ecografia por nossa conta, o que nos custou 300 lascas, mas foi muito legal. No particular, tudo é lindo e parece novela. Ganhamos DVD e tudo mais, e o nenê passa bem.
Na semana de 10 de janeiro, fomos na consulta nos borrando de medo da impressão que iríamos ter da Dra. Mas para nossa surpresa, ela é maravilhosa... "Amamos".... E a partir deste momento, ela é a Dra. Josée "Amamos" Lebfeuvre. Ela já sabia de todo o dossiê da Cris, já sabia do exame de translucência, das doenças do passado, dos gêmeos, de tudo... E nos tratou com muito carinho. Mesmo a Cris não falando inglês, ela nunca se dirigia a mim, mas sempre aos olhos da Cris (eu ia traduzindo, mas o recado era para a mãe). E quando ela ouviu o coração do nenê, que alegria e emoção, ela mesma se encheu de emoção e ficou com os olhos cheios... Saímos de lá bem felizes... E cheios de tarefas para fazer... Cadastro no hospital, exames de sangue e ecografia da 20a semana. Tudo sem gastar um tostão.
Então, fomos para o Hospital St Mary, alguns dias depois. Fomos fazer nosso cadastro. Para isso, levamos o passaporte e o CPR (via marrom), mais o papel com o número da Assurance Maladie. A gente ganhou um livrão que conta tudo sobre gravidez, é sensacional. Ganhamos o cartão do hospital, e acesso à eventos para conhecer o hospital e curso de parto. Fomos também informados que as acomodações são em enfermaria (grátis) com 4 leitos, semi-privativo (com custo) 2 leitos e privativo (com mais custo) com 1 leito. Os custos giram de 180 a 300 doletas por 2 dias. Então, fomos fazer o exame de sangue. Normal, como nos laboratórios particulares do Brasil. Pega a senha e espera pra ser atendido. Todo mundo tá no mesmo barco e se você tem um plano de saúde privado, isso não lhe dá o direito de passar na frente de ninguém. Agora, estamos esperando a próxima consulta para a semana do dia 15 de fevereiro e a nova eco dia 20. Depois, contamos como foi.
E tudo isso sem o CSQ!!!
E seguimos com passos firmes de quem sabe onde quer chegar!!!
Abração e a Paz

Mais uma Congelada em Montréal

Olá, pessoal...

Apenas para constar nos autos... Nas últimas semanas a temperatura tem caído bastante, chegando frequentemente a menos de -15... Veja só na foto como a água da calha está congelada... Delirante...

Abração e a Paz (brrrrr..... c'est frette....)

Fête des Neiges

Olá, Povo de Deus!

Nos dois últimos finais de semana, e no próximo, está acontecendo aqui em Montréal a Festa das Neves. É uma celebração de tudo o que acontece na neve, no Parque Jean Drapeau. Tem diversas atividades relacionadas ao inverno, como escultura em gelo e neve, hóquei, patinação no gelo, tobogã e shows de tudo quanto é tipo.

A gente foi nos dois últimos finais de semana só para ficar escorregando no tobogã. Você marcha com 10 pila e fica o dia inteiro escorregando na bóia no tobogã (veja as fotos). Todo o povo de Montréal adora ficar lá e o parque fica lotado. No último final de semana, o por do sol estava sensacional. Fica aberto até às cinco horas. Dá pra chegar com o metrô e a estação é no meio do fervo. Vale bem mais a pena do que ir de carro. Este trecho da linha de metrô, que é a linha amarela, foi escavado por baixo do canal St Laurent, e dizem que a ilha foi construída com a terra que tiraram para cavar os túneis.

Mas voltando à festa, o mais legal mesmo são os tobogãs. A gente fica lá o dia inteiro, não se cansa, e parece que não sente frio também. Só ficamos um pouco cansados de carregar a boia escada acima para poder descer mais uma vez, mas é bem rapidinho. No último final de semana, a patota da Igreja estava toda lá e a gente se divertiu bastante! No meio da pista de tobogã tem o SuperGlisse, que é o Insano dos tobogãs de neve... Você desce numa pista de madeira bem íngreme e então segue na trilha de neve... Mas o legal mesmo é poder juntar a turma toda e descer com todas as bóias grudadas... Veja o vídeo.

O negócio é ficar fora de casa, para sentir o "calor" do inverno, ehehe...

E vamos deslizando com passos firmes de quem sabe onde quer chegar!

Abração a todos e a Paz

video

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

O Melhor Amigo do Gordo...

O Gordo não consegue ficar longe do seu melhor amigo, que é o umidificador de ar. Não sei o que ele vê nisso... Passa o dia sentado do lado do aparelho, se esfrega, mia para ele, fica vendo as bolinhas de ar subirem, etc... Sei lá o que ele pensa...







E hoje de manhã, já estava deitado em seu divã real, esperando para ser servido por nós, seus súditos... reles mortais...

E vamos servindo, com passos firmes de quem sabe onde quer chegar...

Abração e a Paz

Canadá, País das Maravilhas...

"Roubaram minha carteira!!!!" foi o que falei pra Cris no telefone quando ela me ligou para colocar créditos no Skype dela com o cartão de crédito... Um arrepio congelante vinha subindo desde o cóccix, passando pelas vértebras da coluna, dilatando as hérnias de disco, o pescoço, até arrepiar os fios mais altos de minha cabeça... Todos os documentos do Canadá: PR Card, Permis de Conduire (carteira de motorista), Assurance Maladie (seguro-saúde), documentos do Brasil, passe de ônibus, cartões bancários, etc. etc. tudo perdido! Imagine o trabalhão que dará para fazer tudo de novo!! E eu sou imigrante. Só tenho o passaporte agora como documento de identidade... E em plena sexta-feira...

Eu havia colocado a carteira dentro da bolsa externa de minha mochila no ônibus, depois de ter passado o cartão na leitora, e fechei o zíper. Porém, alguém deve ter visto e abriu o mesmo quando a mochila estava em minhas costas... Canadá... País das Maravilhas!!! Nem em 1 ano de São Paulo eu havia passado por isto... Andando de metrô e ônibus toda a semana com a mesma mochila, computador, etc. nas costas...
Então, cancelei imediatamente os cartões de crédito e débido do HSBC, via telefone. O cartão de débito foi providenciado imediatamente na agência e o de crédito ainda está para chegar. Fui até a polícia e fiz um boletim de ocorrência. Fui no SAAQ (Detran deles aqui) e solicitei uma segunda via da carteira de motorista, que chegou em menos de 1 semana. Saiu $10 pila. E fui no RAMQ para pedir uma segunda via da carteira de seguro-saúde, que ainda não chegou. Saiu $15 pila. Baita perda de tempo... Tudo isso segunda de manhã.
Na segunda de tarde, chego em casa depois do trabalho e tem uma encomenda no correio: alguém mandou minha carteira de volta!! Intocada! Nem as $5 lascas que tinha dentro o cara usou, mesmo que fosse para pagar o correio... Canadá... País das Maravilhas!!! Mandei um cheque pelo correio como recompensa pela boa ação, pois principalmente o PR Card seria uma novela para fazer de novo... Pra se ter uma idéia, você nem baixa os formulários pela internet. Tem que pedir para eles mandarem pelo correio! Cheguei até a pedir e os formulários chegaram! Mas não vou dar seguimento no processo.
Lições aprendidas:
1. Comprei uma carteira menor, que cabe no bolso da frente de minha calça. Na verdade, é uma niqueleira, que só cabem os cartões dentro;

2. Só ando com a carteira de motorista e o assurance maladie. O resto fica em casa. PelamordeDeus, não andem com o PR Card. Ele não serve pra nada no dia-a-dia e eu ia sofrer um monte para conseguir o cartão de volta. Fora se o pessoal encrencasse de novo com a falta do CSQ. PR Card só serve para voltar para o Canadá quando você viaja pra fora.
E vamos seguindo com passos firmes de quem sabe onde quer chegar...
Abração e a Paz

Descontos em Folha de Pagamento

Olá, Pessoal

Aqui estou eu novamente, mostrando a todos que estou vivo ainda... Não congelei completamente. Na verdade, estamos com tantas atividades a fazer que está realmente difícil de trazer as informações para o blog. Porém, temos muitos assuntos para discutir e muitas coisas legais estão por vir. Portanto, veuillez patient e perdoem este que vos fala...
O assunto de hoje são as deduções em Folha de Pagamento. Quando eu estava procurando emprego, sempre me perguntava: quanto será que vai ser o meu salário líquido? Nunca soube responder. Agora que estou me acostumando com o trabalho aqui, posso ter uma idéia e passar para todos como funciona a folha por aqui.
A grande verdade é que o Québec possui uma das melhores políticas sociais e de distribuição de renda do Canadá, comparada à de países como a Noruega e Dinamarca. Porém, isso não é de graça, pois a gente paga do nosso bolso... Então, vamos ver como funciona:
Pegue seu salário bruto e deduza o seguinte:

1) CPP - Canada Pension Plan - Plano de aposentadoria do governo

É retido na fonte sempre que as seguintes condicoes forem atendidas:
- empregado entre 18 e 70 anos de idade
- possui emprego com pensão durante o ano
- não recebe ainda pensão de aposentadoria

Valor de contribuição: é determinado por ano, atraves de uma tabela. Para 2011, está em 4,95%, com teto maximo de contribuição anual de 2.217,60.

No Quebec, é deduzido o QPP (Quebec Pension Plan), ao invés do CPP.

2) QPP - Quebec Pension Plan - Plano de aposentadoria do governo do Quebec

Apenas o cálculo é diferente:

O percentual de contribuição também é 4,95%, mas você precisa subtrair o valor básico de isenção do QPP, que para 2011 é 3.500,00, dividido pelos períodos de pagamento. No meu caso, tenho 24 períodos de pagamento por ano, pois meu salário é pago quinzenalmente.

Assim, a fórmula fica:

QPP = 4,95% x (Isenção/Períodos_pgto).

3) EI - Employment Insurance (seguro-desemprego)

O governo do Canadá oferece apoio financeiro para as pessoas desempregadas, doentes, grávidos, que adotaram crianças ou que precisam cuidar de um membro da família seriamente doente. Confira a tabela de dedução.

Para calcular, toma-se o valor bruto e deduz-se 1,41% (valor constante da tabela para 2011). Teto maximo de contribuição anual de 872,51 (Québec e Federal sao diferentes)

4) QPIP - Quebec Parental Insurance Plan
É um fundo destinado a você poder passar mais tempo com sua família durante os primeiros meses de maternidade ou paternidade. O governo paga parte do seu salário enquanto você fica com sua família. À medida que o tempo passa, no entanto, esse pagamento vai se reduzindo até chegar a quase 50% do que você ganhava. Aqui no Québec, a mulher que trabalha tem 1 ano de licença maternidade e o pai tem 5 semanas, que podem ser gozadas separadamente no período de 1 ano. Tambem é calculado com base em uma tabela. Para 2011, é 0,537%
5) Imposto de Renda Federal - Retido na Fonte
É deduzido através de uma tabela progressiva, assim como é feito no Brasil;
6) Imposto de Renda do Québec - Retido na Fonte
Mais uma tabela progressiva, como é feito no Brasil.
Bem, no meu caso, para concluir, estou tendo um desconto de aproximadamente 40% no valor da Folha. Então, se ganho, por exemplo, 1.000 dólares por mês, o valor que realmente cai na conta é de 600 dólares. Creio que deverá haver um ajuste do imposto retido na fonte. Porém, vou colocar o post quando entender melhor como funciona a declaração de ajuste.
E vamos seguindo pagando imposto, mas com passos firmes de quem sabe onde quer chegar... E viva a distribuição de renda!!!
Abração e a Paz