domingo, 2 de junho de 2013

Notícias

Olá pessoal,

Não sei examente se ainda há pessoas que nos acompanham, pois afinal nós não temos sido muito assíduos por aqui, pra não dizer relapsos com nosso blog, desculpem-nos a ausência. Confesso que apesar de termos tantas coisas para compartilhar com vocês o tempo acaba se tornando pequeno para escrevermos com a mesma frequência de antes.

O Igor é bem mais dedicado que eu na atualização do blog, mas hoje me deu uma vontade de passar por aqui e dar oi pra todo mundo e dividir com vocês um pouco desta fase que temos passado por aqui.

Há poucas semanas atrás me dei conta de como me sinto parte daqui. Apesar da minha vida profissional ainda não ter entrado no eixos, eu ainda não falar francês (é isso mesmo, moro na província francofônica, mas não falo francês, kkkk) e arranhar no inglês, as coisas também acontecem pra mim. Posso dizer que o primeiro ano foi muito difícil, o segundo foi bem melhor e cheio de conquistas e agora no nosso terceiro ano já começamos a pensar em não voltar pro Brasil. Pasmem, até eu que só falava em voltar não sei mais se quero, kkkkk, é as coisas mudam....

Estou terminando uma certificação de proficiência na língua inglesa pela Universidade McGill e no próximo semestre começarei a francização, depois disso acho que estarei pronta pra arrumar um trabalho. Tenho aplicado para algumas vagas de trabalho, mas não tive sucesso até agora, pois aqui tudo fica mais difícil se você não fala o francês.

Esta semana pensamos em mudar pra Toronto, dessa forma eu poderia pular a fase da francização e me sentiria mais em casa, entretanto começar tudo de novo (procurar casa, mudança, adaptação dos filhos na escola, etc) não é algo que me agrada.

Sabe, acredito muito na providência Divina e acho que Deus tem um plano para cada um de nós, por isso falei pro Igor que estou disposta a mudar para o lado inglês do Canadá desde que as coisas se encaminhem de forma natural, como aconteceu conosco quando viemos morar em Montreal. Não sei  se vocês sabem, mas nós fizemos o processo federal pra irmos morar no lado inglês. Durante nosso projeto de vir pra cá nunca pensamos em morar no Quebec. Entretanto nós temos um plano e Deus tem outro: no final das contas viemos parar em Montreal e além disso cheguei aqui grávida....kkkk....Depois de disso acabei me rendendo e percebi que não temos controle de nada, pois é Deus que cuida de tudo. Fizemos milhões de planos pra morar no lado inglês e acabamos aqui em Quebec e de quebra com um bebê Quebecóis...kkkkk

É minha gente, pra quem está vindo pra cá lembre-se que podemos e devemos nos planejar para imigrar, mas precisamos ter consciência e estarmos preparados para as mudanças de percurso que vêm pela providência Divina.

Hoje estamos felizes por aqui, na nossa casinha, com nossos filhos estudando em uma boa escola e felizes, nosso bebê crescendo em um ambiente saudável e tudo mais....porém, mesmo com tudo isso sempre há algumas duras renúncias que precisamos fazer, como por exemplo o fato de estarmos longe de nossa família e amigos que tanto amamos.

É isso gente, passei aqui pra dar um oi e pra dizer que todas as coisas se ajeitam, precisamos ter paciência, confiar em Deus e fazer a nossa parte.
Que a paz esteja com todos vocês e sigamos juntos com passos firmes de quem sabe onde quer chegar.

6 comentários:

Lila Beirith disse...

Cris querida! Eu estou sempre de olho em vocês, embora não comente, leio tudo o que você e o Igor postam. Fiquei feliz em saber da sua idéia de se mudar pra Toronto, já que a minha idéia principal é, caso tudo dê certo, imigrar para Toronto. Torço muito por vocês e espero que sejamos vizinhos um dia! Beijos e A Paz!

denise disse...

Oi Schultz Family! Lembram da familia Previti? Estamos com saudades e felizes que não pensam mais em voltar. Acredito ser uma excelente escolha! As coisas aqui estão muito violentas. Agora deram para atear fogo nas pessoas, triste demais. A Isa tá pensando em ir pra Montreal o ano que vem e o Léo quer ficar por aqui. Tô quase jogando tudo para o alto e voltando para Montreal. Porém tenho meus pais que precisam de mim. Bom e as crianças estão bem adaptadas na escola? Gostaria muito de conversar com vcs a respeito de universidades por ai. Um grande abraço Denise

denise disse...

Oi familia Schultz, lembram da familia Previti? Pois é, estamos com saudades e felizes em saber que vcs estão bem adaptados aí. E a criançada td bem? Cris gostaria muito falar com vc sobre universidades aí. A Isabella está pensando em estudar em Montreal. Temos algumas dúvidas. Se puder nos ajudar, pois sei que os seus estão mais ou menos na mesma fase que ela.Beijos Denise

Anônimo disse...

Cris, fico muito feliz em saber que vocês estão bem!!! o nenê está grande!!
Que Deus lhes abençoe!!
Fran (mestrado UFPR)

Unknown disse...

Estou chegando agora. Vou começar a ler as postagens antigas. Gostei muito do que já li. Espero que continuem animados e criem novos textos. :-)

Abraços.

Jana disse...

Amigos amados... hoje me apertou uma saudade... acabei vindo dar um oi. Estamos tão longe e tão perto que quando me contaram dos planos, nunca julgaria capaz de aguentar. Sei que a vida de cada um de nós está nas mãos do Pai, que tudo encaminha para nossa felicidade. Sei mais ainda que uma amizade cunhada nas mãos Dele, não tem distância que ponha fim. Amo vocês 5, vou sempre estar por aqui... torcendo e rezando pela plena realização dos sonhos de vocês (mesmo os que acho mais malucos...) e certa dos Sonhos de Deus para a vida de vocês. Saudades!