quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Pedras no Caminho

Olá pessoal, quanto tempo, né?! Está difícil escrever por aqui, pra falar a verdade tenho andado um pouco desmotivada quando o assunto é o Canadá. Isso acaba me tirando do circuito. As coisas continuam andando devagar e sempre e na próxima 2ª feira o Igor irá pessoalmente ao consulado entregar nossa documentação, se der tudo certo. Como na construção de uma casa, o que demora é o acabamento, a organização da documentação não é diferente: estamos com tudo pronto, mas falta apenas organizar a pastinha de forma que tudo fique em uma sequência simples de ser checada.
Netes últimos dias não tem sido fácil para mim e para o Igor nos concentrarmos nessa história. Nosso filho de 12 anos (Matheus) sofreu um pequeno acidente na escola, mas que teve uma proporção gigante em nossa vida. Ele estava brincando e caiu de cara em uma escada. Nessa queda quebrou o maxilar em 3 lugares, sendo 2 deles os Côndilos (ossos que ligam o maxilar ao crânio). Não preciso contar detalhes para que vocês tenham idéia da repercussão desse fato em nossa vida, em nossos projetos quanto ao Canadá. Após passar por uma cirurgia de 4 horas, ele ainda terá que passar por outro procedimento cirúrgico para retirada da placa que foi colocada para estabilizar o maxilar. Isso será um longo processo de recuperação, segundo o cirurgião e o orto disseram, em torno de 1 ano. Não preciso dizer que uma série de dúvidas sobre nossa partida para o Canadá nos assombram. O Matheus estava no meio de um tratamento ortodôntico, que foi interrompido. O cirurgião e o ortodentista já nos alertaram que ele precisará de acompanhamento por muito tempo. Esse tempo é superior a 1 ano, tempo que teremos para entrar no Canadá depois do visto. Nosso prazo para envio da documentação está acabando, mas vamos segurar até onde pudermos, agora, mais que nunca, precisamos de tempo.
O sentimento é estranho. Se antes eu estava ansiosa sobre o rumo dessa história, agora mais ainda, pois não sabemos ao certo se vamos ou não concretizá-lo para o próximo ano.
Uma coisa tenho certeza, vamos seguir com o processo e confiar em Deus, que sabe muito bem o que é melhor pra nós. Por enquanto, o que nos resta é confiar e fazer a nossa parte, seguir, com passos firmes de quem sabe onde quer chegar, e confio plenamente, que quero chegar onde estiverem os planos de Deus para nossas vidas.

16 comentários:

Andréa disse...

Cris e Igor, fiquei triste de saber o que aconteceu e acho que nessa hora vocês têm mesmo que dar uma parada e fazer as coisas com mais calma ainda. Mas não desistam desse projeto, pelo bem dos seus filhos mesmo. Quando vocês estiverem com o visto nas mãos, podem vir ao Canadá fazer o landing nesse período de um ano, e a partir daí vocês terão mais tempo para vir em definitivo. Dessa forma a recuperação do Matheus será feita com calma e vocês não sentirão que estão se precipitando, não dando a ele o tratamento que ele, com certeza, merece. Afinal, a saúde é o bem maior que nós temos e não devemos colocá-la de lado por nada nesse mundo. Desejo que ele se restabeleça logo - tenho certeza disso - e que o processo de vocês continue andando. Afinal, depois daquele começo confuso com relação ao pagamento das taxas, vocês não vão desistir agora, né? Estamos todos aqui pra dar uma força, mesmo que de longe!
Beijos e tudo de bom!
Andréa

Fabio Cuizzi disse...

Familia Schultz,

Lamento muito o ocorrido com seu filho e o impacto na vida de voces.
O susto eh grande e as incertezas tambem, mas tenham calma, serenidade e acharam uma saida.
Fiquem com Deus !
Abs.,
Fabio Cuizzi

Sara e Vitor disse...

Oi Cris,

Minha nossa senhora, que coisa!!! Fiquei espantado com o que aconteceu!! Como ele está, Cris? Será preciso mesmo esse tempo todo para a recuperação?

Cris, vou orar em dobro para vocês e para que Matheus se recupere logo!! Vai dar tudo certo!!! Pensamento positivo!

Abraços em todos e melhoras para o Matheus!

Vitor

Marcio Barros disse...

Queridos,

Quando o assunto é filho, a palavra acidente por si só já nos deixa assustados. E foi assim que fiquei ao ler seu relato, com muita tristeza pelo sofrimento que o Matheus está passando.

Vou me colocar em oração por vocês e pela recuperação do Matheus. Fiquem tranquilos, pois ele ficará bem.

Que a paz do Senhor, que excede todo o entendimento habite ricamente sua mente e coração.

Rosa da Silva disse...

Oi Cris, mas que coisa, tadinho do teu filhotinho e de vcs. Que sofrimento! Mas tudo tem seu tempo e estás certa em dizer que vcs tem que fazer o melhor e deixar nas mão de Deus o resto. É meu desejo que teu filho se recupere bem. Um beijo, Rosa

Dani disse...

Nossa, Cris... Que susto, hein?

Estamos aqui torcendo pela rápida recuperação do seu filho. (sei que vc disse que será longa, mas que pelo menos ele não sofra com dores!)

Tenham calma pra decidir o que for melhor pra vcs, mas é o que vc mesma disse: tudo o que estiver nos planos de Deus vai acontecer, mais cedo ou mais tarde.

Um abraço

Sandro e Família disse...

Cris,

Sabemos bem o tamanho do sofrimento quando algo acontece com nossos filhos, mas tenha fé que tudo ocorrerá no momento certo seguindo a vontade de Deus.

Força !!!

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

Há de dar tudo certo. Deus há de iluminá-los e vocês vão driblar essas pedras.

E a vida segue...

s disse...

Cris,
Que chato!!! Estamos aqui torcendo pra que tudo dê certo, viu ?
Beijos,
Saulo e Vivi

Mariane, Richard e Ricardo disse...

Nossa Cris, que acontecimento chato!! Imagino que vc. deva estar bem preocupada! Mas as crianças são assim mesmo, imprevisíveis, principalmente os meninos, o meu só tem 3 anos e já me deu cada susto na vida e algumas corridas ao pronto socorro tbm! O coração de mãe tem que ser de ferro, senão não aguenta! Mas isso não vai atrapalhar de forma alguma os planos de vcs., nem que adiem um pouquinho a viagem até ver que tudo está realmente ok!Vou estar rezando por vc. e sua família! vai dar tudo certo! bjocas Mari

Nê & Lelê disse...

As vezes em nossa vida aparece pedras que não sabemos como superar isso, mas sejamos como água que contorna as pedras que são encontradas no caminho.

Estou na torcida, no final tudo dará certo!

Bjinhuuss

Marcia disse...

Olá cris, leio seu blog há muito tempo mas acho que nunca te escrevi. Estou no processo há bastante tempo (o meu é o antigo), enviei os exames médicos recentemente, ou seja, estou na reta final. Não sei se é óbvio para vc o que vou te dizer mas queria te avisar que vc não precisa abandonar o sonho de viver no Canadá por causa do tratamento do seu filho. Vcs podem fazer o Landing, tirar os documentos (SIN e PR Card), passar só umas férias no Canada e voltar para o Brasil. Para se manter como residente permanente basta passar 2 anos em 5 no Canada. Vcs podem se mudar definitivamente apenas quando o tratamento acabar mas não precisam adiar a data do visto por isso.
Boa sorte, que ele se recupere totalmente e vcs possam imigrar um pouco depois, em paz.
bjs
Marcia

Luciana e Marcelo disse...

Oi Cris,

Poxa, que coisa chata! Ainda bem que ele já está em tratamento!
Como é criança, se recupera mais facilmente.
Com certeza vcs terão o tempo necessário para cuidar deste assunto enquanto o processo segue.
Tenham fé e tudo dará certo!
Melhoras para o pequeno e que Deus ilumine vcs!

Bjs,
Luciana

Patricia disse...

Oi Cris!
Que o Senhor dê paz pra vcs neste momento dificil. O importante é que o filhote vai se recuperar. Vc estao nas nossas oracoes.
Abs
pat e rafa

K disse...

Cris,

que coisa isso! Posso imaginar o transtorno pra toda família e como ele deve estar assustado.

Mas, quanto ao visto, você tem um ano para dar entrada no país e, após isso, pode sair e só voltar três anos depois. Então, se tiver que fazer um tratamento mais longo aqui no Brasil, é possível só ir passar as férias lá e voltar. No final das contas, vocês ainda têm quatro anos mais ou menos.

Espero que as coisas se acalmem por aí.

Beijo,

K.

aos40 disse...

Ola,
nossa, fico triste de ouvir uma historia dessas....sou dentista..e orto tb..e sei bem a repercussao de um acidente desta natureza.
Vcs estao em Jlle ou Ctba???
Realmente o acompanhamento sera longo e bota longo nisso....mas...acho q vcs nao precisam adiar o sonho nao...depois dos exames tem um ano ainda....acredito q ate la..o "pior" ja tenha passado com relaçao a teu filho...e vcs poderao dar continuidade no acompanhamento por la....
Boa sorte pra vcs e boa recuperaçao pra teu filho...
abraços