segunda-feira, 9 de abril de 2012

Páscoa em Toronto

Olá, Pessoal

Antes de começar a falar, quero agradecer a compreensao de todos pois faz quase um mês que nao fazemos nenhuma movimentaçao em nosso blog. Nao é por falta de acontecimentos, nao, mas realmente a vida está tomando um ritmo alucinante por aqui!!! Estamos cheios de coisas para fazer de dia, de noite, e o nosso blog, tadinho, esta ficando cada vez mais nos planos inferiores. Mas vamos mantê-lo sempre atualizado por aqui, pois tem bastante coisa para comentar!

Bem, como muitos devem saber, quando a gente começou a pensar em imigrar, fomos muito apoiados por um grupo de amigos de Curitiba, mas todos foram para Toronto, e a gente veio para Montréal. Assim, ficamos devendo esta visita que aconteceu somente depois de mais de um ano de Canadá.

Mas vamos ao assunto:

Primeiro dia: saímos de Montréal na Quinta-Feira Santa, para dormir em Kingston, visto que a viagem toma de 5 a 6 horas, e sao mais ou menos 510km. Foi a nossa primeira viagem de carro no Canadá. Saímos de Montréal perto das 7h30pm e pegamos um engarrafamento na saída, pois a turma já estava indo embora para o feriado. Saímos da Ilha de Montréal pela Autoroute 20, passamos por Ile-des-Perrots, Vaudreil, e já pegamos a estrada aberta. Aí vem a primeira diferença do que a gente via no Brasil: 3 pistas de cada lado e um asfalto muito bom depois de Vaudreil (antes estava ruim mesmo). Aí, a gente bota o cruiser control e quase dorme, porque é quase tudo plano e reta. Como era noite, nao tinha muita coisa pra ver. Chegamos em Kingston às 9h00 onde tinhamos reserva em um hotel Days Inn (simples, mas muito bom) na beira da estrada. Logo nos acomodamos no quarto e como estávamos com fome, já fomos direto ao Denny's anexo ao hotel. Aí, queríamos hamburgueres e vimos o menu: como a gente sabe que o hamburguer da foto sempre é enorme e depois vem um pequeninho, pedimos logo 3... Adivinha só... os hamburgueres que vieram eram maiores que os da foto e um só dava pra nós 3... Voltamos rolando para o quarto.

Segundo dia: Sexta-Feira da Paixao: acordamos cedo com um dia de sol lindo e saímos logo pra estrada. Novamente, cruiser em 120km/h, retas e retas. Logo já estávamos com o lago Ontario à bombordo e uma paisagem alucinante, pois parece um mar mesmo! Abastecemos o carro em Whitby, quase chegando em Toronto, e mais uma meia-horinha estávamos sendo recepcionados por nossos amigos de Curitiba, que saudades. Eles moram em North York, que me pareceu um lugar muito organizado, limpo e acolhedor. Fomos na via-sacra no final da tarde e conhecemos a comunidade de St.Gabriel (se nao me engano o nome é esse). E novamente nos surpreendemos positivamente. Uma comunidade ativa, cheia de gente participando e a via-sacra teve motivaçao ecológica, foi muito emocionante... Bem, estávamos cansados da viagem e havíamos até planejado algumas coisas para a sexta, mas acabou que fomos dormir.
 










Terceiro dia: Sábado de Aleluia: saímos de manha com o objetivo de visitar a CN Tower, mas acabamos conhecendo as praias de Toronto. Um lugar que é chamado de "Beaches". E realmente é uma praia de tudo: tem areia, pedrinhas para jogar na água, etc. Mas estava muito frio para um mergulho, entao, molhamos os pezinhos. Depois, almoçamos no Tim Hortons e fomos visitar as famosas catarataas do Niágara. Fica a uns 120km de Toronto, e a estrada, como sempre, é sensacional. Passamos por Mississauga e Oakville na ida, onde visitamos mais amigos curitibanos. Saímos de Oakville, pegamos a estrada e fomos direto para Niagara Falls, onde a gente pode ver todo o esplendor das cataratas. O lado canadense fica de frente para as quedas, e é o lado mais bonito. Logo ali, do ladinho, jà estavam os USA. Agora que a gente tinha o visto americano, até deu uma vontade de ir conhecer, mas faltou tempo. Passeamos por toda a orla de Niagara Falls, tomamos banho com o spray de água que saía da catarata, e fomos até um ponto em que a gente consegue ficar bem pertinho da queda. A água é verde, linda. E tinha arco-íris e pássaros voando por tudo que é lugar. Muito bonito. E o melhor, tudo de graça. Nao se paga nada para ver as quedas. Na volta, já de noite, passamos novamente em Oakville para visitar uma outra família que morou aqui no nosso apartamento antes da gente se mudar pra cá. Eu nao sabia que a gente podia sentir tantas saudades! E ficamos felizes de ver todos bem, e a criançada pulando e gritando com a nossa visita! Ficamos bem pouco, que pena, mas foi muito significativo também.

Quarto Dia: Domingo de Páscoa. Fomos à missa das 10h na paróquia St. Gabriel, que foi super maravilhosa. Toda a comunidade unida, um coral sensacional, com vários instrumentos e vozes. Mais uma vez, um momento emocionante junto de Deus. Almoçamos e fomos visitar a CN Tower, que seria o nosso último momento turístico. Depois de comprarmos os ingressos de 25 dólares cada um, subimos os mais de 350m até o mirante da CN Tower. Vimos o aeroporto, os prédios da cidade, o lago Ontario, e também tivemos a chance de andar no chao de vidro (glass floor ou planche à verre), onde você caminha sobre as vidraças e vê abaixo de seus pés o chao à 350m abaixo de você...Todo mundo morrendo de medo de subir nos vidros, mas o Thiago adorou e fez festa em cima das vidraças! Demais... Entao, voltamos pra casa, jantamos, nos despedimos de nossos amigos (que saudades!!!!!)  e pegamos a estrada para dormir novamente em Kingston, onde chegamos 1h da manha...
 













Quinto Dia: Segunda-feira: aqui em Montréal também é feriado, eba!!! Como ninguém é de ferro, acordamos às 9h e saímos quase 11h do hotel. Quando cruzamos a fronteira de volta para o Québec, me passou aquela estranha sensaçao de estar voltando pra casa e a casa nao é mais no Brasil. Chegamos em casa 2h da tarde.

Bem, esse foi o relato da viagem, que foi sensacional e nos deixou com muitas saudades dos nossos amigos. Espero que eles também venham nos visitar!!! A gente também colheu muitas impressoes desta maravilhosa cidade de Toronto, que eu vou colocar em um outro post, para nao confundir os assuntos.

Abraçao a todos e a Paz
Igor Schultz

2 comentários:

Laila disse...

Olá Igor, olha que coisa engraçada, caí no seu blog meio sem querer, e quando vi as fotos levei o maior susto! Seus amigos são meus amigos também! Sou vizinha da Lucia e do Rossano! Na segunda depois do feriado encontrei os dois no metrô e fomos conversando sobre o feriado, as aventuras de vocês, problemas no carro! Esse mundo não é pequeno demais?

Paola Wortman disse...

Lindo post amigo. as saudades continuam rendendo juros pois o nosso encontro foi realmente muito curto. Mas com fe em Deus iremos nos ver outras vezes tanto em ON como em QC.
Foi um prazer reve-los e recebe-los e vcs sao sempre muito bem-vindos a nossa casa.
Beijos a toda famillia!