terça-feira, 8 de abril de 2014

Philippe Coulliard Eleito


Québecois et Québecoises,
Estamos aqui assistindo o final da apuração dos votos, mas não há mais volta. O Partido Liberal do Québec (PLQ) já elegeu 70 deputados e tem portanto a maioria na Assemblée Nationale. Assim, o chefe do partido, Phillipe Couillard torna-se o novo primeiro-ministro do Québec. De acordo com os analistas políticos, esse foi um recado das urnas aos políticos: "queremos um governo que se preocupe com saúde, educação, economia, e não com Charte de Valeurs ou com a independência do Québec".
Pauline Marois e o Parti Québecois conseguiram eleger 30 deputados, mas mesmo ela foi derrotada em sua circunscrição, o que deixou o recado ainda mais claro. Fui agora ver o discurso de Mme. Marois e ela anunciou que deixará a carreira política. Em um discurso bastante emocionado, ela agradeceu a seu partido e pediu aos québecois não esquecerem suas origens, a língua francesa e que lamenta por tudo o que seria oferecido ao partido e por não poder ver o seu país finalmente realizado. Seu candidato a primeiro-ministro, Pierre-Karl Peladeau, foi eleito em sua circunscrição, assim como Bernard Drainville, o criador da Charte de Valeurs. O sonho do Québec independente ficará adormecido por um tempo.
Na minha opinião, no entanto, o grande vencedor da noite foi François Legault, da Coalision Avenir-Québec (CAQ), que elegeu 22 deputados e será provavelmente o líder da oposição, chegando bem perto do PQ em número de candidatos eleitos. Ele saiu do PQ há pouco tempo e seu partido cresceu rapidamente, chegando ao ponto que está agora. Em seu discurso após o resultado das eleições, ele declarou que apoiará M. Couillard, mas que fará uma oposição vigilante. Foi também eleito deputado em sua circunscrição.
Bem, podemos esperar agora pelo menos 4 anos de estabilidade política na província, pois temos um governo majoritário, e bastante cooperação com o governo federal canadense, pois temos os liberais no poder. Vamos seguir de perto. Nas próximas eleições, provavelmente estaremos votando. E é impressionante perceber como o nosso voto faz diferença em um local como este, com poucos milhões de eleitores, onde muitas disputas são decididas voto a voto e todas as opiniões são, ao menos, respeitadas.

E vamos seguindo com passos firmes de quem sabe onde quer chegar.

Abração e a Paz
Igor Schultz





Um comentário:

William disse...

eu estou aqui no centro do Canadá, em Winnipeg, e estavamos ouvindo ssobre as eleições, fiquei muito feliz que ele ganhou!!! Agora acho que o Canada e Quebec vão caminhar juntos.

ótimo post!!!