domingo, 23 de agosto de 2009

IELTS Test


Bem, amigos da Rede Globo... fiz o IELTS Test ontem (sábado, 22/08). Confesso que estou bastante confuso com meu resultado. O teste foi realizado na Sociedade Brasileira de Cultura Inglesa, no Batel, aqui em Curitiba. A prova de Speaking foi às 9h20am. Dei uma pedalada da minha casa, no Cajuru, até o Batel, para me inspirar. Levei quase 1h para chegar no Batel, e pouco mais de 10 min para fazer a prova. Ao chegar, a lista de todos os inscritos estava disponível em um mural, com o horário de cada um e a foto. Tudo organizadinho. Entrei na sala 10 min antes do horário e fui saudado cordialmente pela professora Mary (esse era o apelido. O nome dela era impronunciável), uma senhora muito legal, que lembra aquelas que contam contos de fadas em filmes americanos de Natal. Então, falamos 10 min sobre mim, meu trabalho, de onde eu vim, onde nasci. Então, falamos um pouco sobre os benefícios trazidos pela Internet para a vida das pessoas e por último, sobre as consequências do tráfego e engarrafamentos na cidade (este último subject foi aquele sobre o qual eu tive de falar por 2 min). Me atrapalhei um pouco no final, e acho que acabei sendo muito prolixo...

Então, tomei café e voltei pra casa, retornando pouco antes da 1h00pm, horário do início da prova da tarde. Entramos todos na mesma sala e tinha uma etiqueta com a foto e o nome de cada um colado na carteira. Todas bem afastadas, para ninguém colar... Então, começou o Listening, com 4 seções... As duas primeiras tirei de letra. Então, começou a terceira. Difícil... E a quarta! Me perdi completamente e tive até de chutar 3 questões, vôo cego. Sei não...

Depois, fomos para o Reading, com 1h para responder 4 textos, começando com um pequenino e concluindo com uma redação enorme sobre as normas de vestimentas dentro de uma universidade inglesa. Esse acho que matei todas. Olha, é capaz de eu ter gabaritado esta prova. Que bom!!!

Finalmente, veio o Writing: primeiro, uma redação de 20min e 150 palavras convidando meus parentes ingleses para ficar em minha casa, sugerir alguns passeios e também dar alguns conselhos para a viagem. Tranquilo. Segundo, uma redação de 40min e 250 palavras, explicando porque eu achava ou não que os celulares foram uma grande contribuição para a humanidade. Nessa, fui mais ou menos. Pelo menos, lembri de usar as concessive clauses e os despite e in spite of que aprendi no curso...

Gente, não sei sinceramente como fui. Só sei que, se não for bem, terei de ir a São Paulo fazer outro teste, pois o próximo em Curitiba é uma semana antes da data de entrega dos documentos, que é 29/10, e não dará tempo de sair o resultado. Quando eu tiver o retorno do BritishCouncil sobre o resultado da prova, escrevo no blog.

Então, saí do curso, fui para o sacrário da Igreja N. S. da Ternura, onde a gente trabalha com os surdos, e fiquei agradecendo pelo que aconteceu. E pedindo, nem mais nota, nem menos nota, só vosso amor e vossa Graça... Que difícil pedir isso! O que eu queria mesmo era mais nota.... ehehe.

5 comentários:

Temperatura Máxima no Canadá disse...

Aiii... só de lembrar dessa fase de IELTS os nervos já tremem..hehehe Por isso já aviso é normal essa insegurança, faz parte do show...rs

Ele não foi uma das melhores fases do nosso processo, mas depois de muita luta e apoio dos amigos (inclusive a Cris que me mandou um email lindo...) conseguimos as notas.

E assim como nós conseguimos, certamente, vcs tb conseguirão com a graça de Deus. Peço a Deus que esse desejo seja atendido, vcs merecem...

Abração

Rosi

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

Por experiência minha, a gente sempre acha que foi pior no IELTS do que realmente fomos. Achava que meu speaking tinha sido horrível e tirei um high. Tudo vai dar certo.

E a vida segue...

disse...

Essa prova deixa todo mundo ansioso. Mas, fiquem tranquilos... as coisas vão dar certo.
Abraços

Marcio disse...

Ielts eh dureza mesmo.... tive que fazer duas vezes para conseguir as notas que precisava...

Forca e confianca e tenho certeza que vai conseguir!!!

Abracos

Luciana e Marcelo disse...

Nossa, só de ler, deu um frio na barriga... Estou fazendo um preparatório para o IELTS e estamos focando no Writing (meu ponto fraco)... legal saber que foi uma carta informal..rs...
Vamos ficar no aguardo do seu resultado, torcendo para que vc consiga as melhores notas!
Abraços,
Luciana